Secretaria da Agricultura trabalha para prevenir raiva herbívora

postado em: Agricultura 0
Interior de Condor. Foto: Comunicação.

Como prevenção, a Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural vem trabalhando para inibir a raiva herbívora, doença transmitida pelo morcego hematófago, caso contaminado.

A equipe da Secretaria da Agricultura, Pecuária e Desenvolvimento Rural de Cruz Alta – SEAPDR, veio até o município para verificar a existência destes predadores nas furnas (crateras escuras que servem para o seu esconderijo). Nenhum mamífero foi encontrado e uma nova vistoria está agendada. Os profissionais capturam os morcegos com redes adequadas, passam pasta no seu dorso e os largam. Pela sua forma de vida, retornam para seus habitats onde os outros morcegos lambem a pasta para limpar. Desta forma são eliminados.

Os sinais mais comuns nos bovinos são mugidos rouco, andar cambaleante, paralisia dos membros posteriores e presença de espuma na saliva. Caso houver algum destes sintomas, procure imediatamente o Veterinário da Inspetoria Municipal, ele é o profissional indicado para diagnosticar a doença.

De acordo com o secretário da Agricultura, Clenio da Silva Amaral, a prevenção contra a espécie é essencial para evitar danos ao rebanho local.

“Em Condor, não temos registro de nenhum caso de raiva. A Inspetoria tem dado muita atenção para evitar que isso aconteça. É muito importante que os produtores nos procurem caso avistarem a espécie em sua propriedade”, observa.

Outras informações:

A Secretaria da Agricultura e Desenvolvimento Rural de Condor, comunica os produtores rurais que não realizaram a Declaração Anual do seu rebanho para que, os mesmos, regularizem-se. O prazo é até sexta-feira (30).

Em caso de dúvidas ligue para a Secretaria Municipal da Agricultura (55) 3379-1043.

Por, Assessoria de Comunicação.

 

 

Comente

Comentários