Prefeitura Municipal de Condor

  • A Cidade de Condor
  • Oktoberfest
  • A Praça

Empresa tem dois anos para colocar indústria em operação em Condor

Na semana que passou, o Conselho Municipal de Desenvolvimento (Comude) de Condor este reunido para analisar a renovação e prorrogação de prazo para a empresa Laticínios Rei do Sul, para o cumprimento de metas estabelecidas na Lei Municipal 1.508/05, que beneficiou a corporação com incentivos para se instalar no Município.

Entre os compromissos assumidos pela empresa, estava a instalação de uma indústria para o beneficiamento de leite em Condor até fevereiro de 2015, faturamento de R$ 6 milhões anuais e geração de 50 empregos diretos.

No entanto, a empresa encaminhou ao executivo municipal, em maio deste ano, após ter sido intimada a apresentar os resultados comprometidos, uma alegação de que situações extraordinárias a sua vontade impediram de que essas metas fossem alcançadas. Os principais argumentos foram um sinistro (temporal com danos quase que totais) e um impedimento legal por parte do Ministério da Agricultura para a operacionalização do posto de recebimento de leite instalado em Condor.

Em discussão na assembleia do Comude, várias sugestões foram apresentadas para o pedido de renovação, desde a anulação do incentivo e a retomada do imóvel cedido como benefício, até a prorrogação com cláusulas de novos compromissos.

Após um amplo debate, o Conselho sugeriu que o prazo para o cumprimento dos compromissos seja renovado, entretanto, a empresa terá que cumprir mais algumas metas, como garantir em até dois anos a instalação da indústria de beneficiamento de leite, gerar em até cinco anos 30 empregos diretos, alcançar nesse período o faturamento de R$ 6 milhões, além de comprometer-se em pagar em 1 ano todos seus fornecedores de leite que têm a receber e manter uma conduta ética e idônea no exercício da atividade que executar.

 

Agora, após a análise e sugestão do Comude, a Administração Municipal irá encaminhar o projeto à Câmara Municipal de Vereadores que também irá avaliar e votar pela prorrogação ou não das metas.

Seguem as obras do Ginásio da Escola Bruno Laux

Em fase inicial, a obra do novo Ginásio da Escola Bruno Laux está sendo instalado em um terreno contíguo ao Ginásio Municipal e a Escola Sonho Feliz. A construção está sendo realizada com recursos do Governo Federal e mais contrapartida do Município, totalizado mais de R$ 520 mil.

 

Neste momento, a empresa responsável pela obra está realizando a fase de instalação das bases e fundações. A previsão de conclusão da obra de oito meses. O ginásio será destinado a todos as atividades físicas e esportivas da escola e para realização de eventos. 

(Fotos: Vereador Gilberto de Moura)

Área Industrial é oficialmente loteada

O Prefeito José Francisco Candido recebeu na tarde de sexta, dia 3, no Cartório de Registros de Condor, a minuta com as matrículas das escrituras individuais dos lotes da Área Industrial de Condor. A partir de agora o Município de Condor, gestor da Área Industrial, já poderá realizar a doação dos lotes às empresas interessadas em se instalarem no condomínio.

Para o prefeito Chico, “este é um momento importante no processo burocrático de instalação da Área Industrial, porque as empresas já poderão ter os terrenos em seus nomes e assim encaminharem suas instalações e buscarem os créditos necessários para isso tendo o lote como próprios”.

As empresas estão sendo selecionadas pela Secretaria Municipal da indústria, Comércio, Serviços e Turismo e passam pela avaliação do Comitê Gestor que é formado por representantes dos órgãos e instituições ligados ao setor da indústria e comércio no Município.

Quanto ao andamento da instalação da Área Industrial, o Prefeito de Condor lembrou que a obra está em fase de pavimentação das ruas e que cerca de um terço doas mais de 1,4 mil metros de ruas já está pronto. Em paralelo segue a instalação hidráulica do empreendimento com canalização da água e do esgoto pluvial.

Campanha do agasalho é intensificada em Condor

Tá quentinho aí? Aqui não!!!!!

Se você está bem aquecido, tem roupas, agasalhos, cobertores e utensílios que fazem com que o frio não chegue com tanta intensidade ao seu lar e a sua família, algumas pessoas que vivem pertinho de nós por vezes não têm. Que tal olharmos para o lado e pensarmos em um vizinho que está com frio? Pois é pela consciência de cada um que podemos aquecer o coração de nossa comunidade e amenizar o frio do inverno nos lares condorenses.

Desde o início deste mês de julho a Secretaria Municipal do Desenvolvimento Social e a Liga de Combate ao Câncer de Condor estão desenvolvendo ações intensas de arrecadação de donativos para a Campanha do Agasalho. Apesar de nunca cessar, a Campanha ganha em intensidade nessa época, visto a demanda sazonal.

Tanto a gestão da Secretaria quanto às voluntárias da Liga pedem que quem doar avalie inicialmente as condições do que está sendo repassado às outras pessoas, visto que a Campanha do Agasalho não é um momento de descarte e sim de colaboração. “Queremos muito agradecer quem doa coisa boa, essas pessoas ajudam muito quem tem frio, mas pedimos que sempre se olhe por quem irá receber a doação”, orientou a titular da Secretaria, Lenir Bazanella.

 

As doações podem ser entregues a partir de segunda-feira, dia 6, diretamente na nova sede da Liga de Combate ao Câncer (antigo prédio do Banrisul e Conselho Tutelar – Rua do Comércio em frente ao Banco do Brasil). Informações podem ser obtidas na Secretaria do Desenvolvimento Social através do telefone 55 3379 1133.

Portal Transparência

Licenciamento Ambiental

  • Transparência Procergs
  • ACI de Condor
  • Poder Legislativo