Condor recebe as primeiras doses da CoronaVac

postado em: Saúde | 0

Nesta tarde (20), o prefeito em exercício, Rômulo Teixeira Carvalho, secretário da saúde, Eduardo Chagas e os profissionais da saúde receberam da 17ª Coordenadoria Regional de Saúde as primeiras doses da Coronavac. As Técnicas de Enfermagem, Adriana Ribeiro, da UBS, e Elizeia Oliveira, do Hospital, foram as primeiras profissionais imunizadas.

O primeiro lote destinado ao município conta com 51 doses, produzidas pelo instituto Butantã. Destas 28 doses são para Hospitais, Upas, CT, Samu e 23 doses para APS (atenção primária a saúde) que é a UBS. A vacina é aplicada em duas doses, com intervalos de 30 dias para a próxima aplicação. Esta remessa será suficiente para atender apenas as pessoas do grupo prioritário, de acordo com vulnerabilidades relacionadas à exposição do vírus SarsCov-2.

É importante esclarecer que Condor seguirá as etapas do Plano Nacional de Imunização. Os primeiros a serem vacinados são pessoas de maior vulnerabilidade, ou seja, os profissionais da saúde que estão na linha de frente (Condor não terá doses para todos). Neste mesmo grupo estão as pessoas idosas, residentes em instituições de longa permanência (asilos, que o município não possui) e ainda a população indígena (que Condor também não possui).

“Os três primeiros grupos estão alinhados com o Plano Nacional de Vacinação, como não temos asilos nem indígenas, vamos seguir os protocolos e vacinar apenas os profissionais de Saúde. Os critérios de escolha dos profissionais são estritamente técnicos e seguem as orientações do Ministério da Saúde. Ainda assim, não teremos doses suficientes”, afirma o secretário de Saúde, Eduardo.

Posteriormente, ainda na primeira fase, serão vacinados os demais grupos prioritários – de acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19, sendo condicionado ao recebimento de mais vacinas do governo federal, as quais, de acordo com o Ministério da Saúde deve ocorrer em fevereiro.

Por enquanto, os vacinados serão acionados pelo município. Neste momento a população deve continuar com as medidas sanitárias de prevenção, priorizando o uso contínuo da máscara bem como do álcool em gel.

Por, Assessoria de Comunicação.

Comente

Comentários